Psicanalista fala sobre tema da palestra no dia 24 de abril

Quantas vezes escutamos questões que se iniciam com “O que a psicanálise tem a dizer sobre…”?

Com esse questionamento à vista, a psicanalista Anyela Monteiro Sponhardi, foi convidada pelo PLP para tratar do tema “Um Olhar para a Transgeneridade – e suas reverberações na clínica psicanalítica”, que ocorrerá às 14h, no dia 24 de abril.

Para Anyela Sponhardi no momento atual torna-se fundamental a psicanálise exercer aquilo que tem de mais caro: a escuta. “Qual escuta tem sido possível para a psicanálise em relação às questões de gênero?”, e ela responde: “Quando falamos sobre questões de gênero e suas identificações cis ou trans, estamos falando sobre variedades da sexualidade, sobre construções singulares, sobre possibilidades múltiplas de subjetivação”. E, antes mesmo da palavra que dá nome, se faz necessário um olhar que amplie a escuta e afaste o viés patologizante das sexualidades.

E a palestrante cita um pensamento do psicanalista, Thamy Ayouch, que escreveu, dentre outros textos o trabalho, Da transsexualidade às transidentidades: psicanálise e gêneros plurais: “O alvo, ao falar como psicanalista de questões trans, não é a produção de um saber sobre transidentidades, mas sobre as ferramentas psicanalíticas, as representações de gênero conscientes e inconscientes na postura da/o analista e na teoria analítica, a direção da cura, o manejo da contra-transferência e a fluidez psíquica”.

Tive a alegria de ser convidada pelo PLP para bater um papo sobre esse tema tão relevante no encontro. Será um prazer contar com a presença de vocês para essa troca.

PARA LER “Da transsexualidade às transidentidades: psicanálise e gêneros plurais”, de Thamy Ayouch, clique na Revista `Percurso, publicada pelo Instituto Sedes Sapientiae AQUI na Revista Percurso #54 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *